A APLICAÇÃO DA INTELIGÊNCIA DE MERCADO NAS REDES SOCIAIS

A inteligência de mercado nada mais é do que o processo de pesquisar, coletar e analisar um conjunto de informações, a fim de avaliar o desempenho de uma empresa, encontrar soluções mercadológicas e direcionar estratégias. A partir das soluções da inteligência competitiva, a empresa tem a oportunidade de lidar antecipadamente a efeitos e reações externas. Aplicado às redes sociais, a inteligência de mercado segue a mesma regra, mas com dados retirados dessas plataformas, os quais consistem em uma infinidade de métricas e indicadores.

Nas redes sociais, a base de dados é enorme, já que é um espaço onde a empresa pode interagir com seus consumidores, entender suas preferências e receber feedback instantâneo e direto. No entanto, todo conteúdo obtido através das redes sociais precisa ser mais do que monitorado. Os verdadeiros insights são possíveis somente com uma rica análise desses dados. E é aí que entra a inteligência de mercado nas redes sociais.

A partir do monitoramento dos usuários sociais, concorrentes, menções em mídias sociais e outros dados é que acontece a inteligência de mercado, permitindo a identificação das principais práticas utilizadas pelo seu segmento que geram interação com os consumidores. As marcas que usufruem dessa análise tornam-se muito mais competitivas e mais propensas a encontrarem oportunidades e vulnerabilidades à sua presença nas redes sociais.

Além de ferramentas de monitoramento, as marcas devem também aplicar ferramentas de Business Intelligence, capazes de monitorar, compilar e analisar informações, possibilitando um entendimento maior sobre diversos aspectos como o impacto das ações de marketing implementadas nas redes sociais, a imagem da marca perante os internautas, as ações de seus concorrentes e os desejos e preferências da audiência. Se já não bastasse isso, essas ferramentas também possuem um ótimo custo-benefício para profissionais que querem otimizar seu valioso tempo e precisam de um ROI preciso de suas ações.

Investir em inteligência de mercado nas redes sociais também ajuda a melhorar o desempenho da equipe, a manutenção de recursos, aumentar a taxa de conversão e antecipar-se a tendências, oportunidades e crises. Como o ambiente digital e social é um meio volátil que está em constante mudança, as marcas precisam aplicar estratégias de marketing flexíveis que podem ser extraídas do social big data. A Inteligência de mercado nas redes sociais ainda permite que os profissionais de marketing ampliem seus campos de visões com o cruzamento de dados de diversas plataformas, garantindo agilidade e assertividade na tomada de decisões.

Uma área onde a inteligência de mercado tem papel fundamental dentro de uma análise estratégica é a concorrência, pois dela é possível retirar diversas informações valiosas para avaliar o desempenho e a visibilidade da empresa frente ao mercado e a outros players. Para tanto, algumas métricas e indicadores são determinantes para se realizar a inteligência de mercado nas redes sociais voltada para a concorrência. Confira os mais importantes:

  • SEGUIDORES

Uma das primeiras coisas a se analisar no seu perfil e no de seus concorrentes é o número de seguidores. Um crescimento elevado e contínuo pode significar que as estratégias estão dando certo. Já a queda ou o crescimento lento indica que algo deve ser alterado para reverter essa situação.

Além disso, compare a sua média de evolução com a de seus concorrentes para nortear as suas ações. Mas, atente-se ao número absoluto e ao percentual, pois 200 novos seguidores podem representar 5% ou 50% de crescimento para determinada marca.

  • CURTIDAS

A quantidade de curtidas, de maneira geral, traduz se determinado conteúdo está atraindo a atenção dos usuários e se está trazendo resultados positivos para a visibilidade da marca. É possível quantificar o engajamento que as postagens vem gerando e apoiar o seu planejamento nesse volume, entendendo a que conteúdo e tipos de formato de publicação os consumidores reagem mais, e consequentemente, conseguindo criar táticas cada vez mais assertivas.

No entanto, é preciso levar em consideração as mudanças que as redes sociais vem aplicando, como o Facebook, que implementou diversos outros botões de reações além do “curtir”, como o “amei”, “haha”, “uau”, “triste” e “grr”. Quantificar corretamente cada reação é essencial para uma análise mais fidedigna possível.

 

 

  • COMPARTILHAMENTOS

Compartilhamento no Facebook, Retweet no Twitter e Repost no Instagram. Quando um internauta realiza essa ação em uma postagem, a informação obtém um alcance ainda maior, uma vez que atinge também a base de amigos ou fãs da pessoa que compartilhou. No entanto, nem sempre o ato de compartilhar está atrelado a algo positivo. Alguém indignado com uma notícia, por exemplo, pode compartilhá-la para expor uma opinião contrária e negativa, sendo necessária uma avaliação minuciosa dessa métrica.

Algumas marcas têm realizado publicações que convidam seus seguidores a compartilharem ou a curtirem o post para participarem de votações ou de promoções. Uma estratégia que pode ser útil para a empresa que quer aumentar a sua visibilidade no meio digital.

  • COMENTÁRIOS

A percepção de sentimento perante a opinião dos consumidores é ainda mais evidente em comentários realizados nas mídias sociais, os quais podem variar entre positivo, negativo ou neutro. Portanto, mais do que contabilizar o volume de comentários, é preciso avaliar e aplicar uma tonalidade nesse conteúdo, bem como classificá-los com um assunto para determinar, no fim, os motivos que geraram esses comentários.

Dessa forma, é possível identificar melhor qual marca do seu segmento têm gerado comentários mais positivos ou negativos e direcionar ações para melhorar os resultados.

  • FREQUÊNCIA DE POSTAGEM

Quantas vezes por dia, por semana ou por mês sua empresa posta nas redes sociais? Essa métrica também é importante para identificar quais marcas tem maior presença online. No entanto, vale observar não só o volume de postagens, mas também as outras métricas, para obter uma conclusão mais apurada, pois uma marca que posta com menor frequência pode obter maior engajamento do que uma que está o tempo todo atualizando suas redes sociais.

  • MENÇÕES ESPONTÂNEAS

Um erro muito comum entre as marcas é que elas, muitas vezes, monitoram somente os comentários que são direcionados diretamente a elas, deixando escapar as diversas menções indiretas, que nem sempre citam o nome da marca. Portanto, inserir em seu plano de comunicação o monitoramento de menções espontâneas ajuda muito a medir a repercussão da sua marca nas mídias sociais, seja através de uma ação de marketing, de uma campanha veiculada nas mídias tradicionais ou de um escândalo de corrupção.

Portanto, a inteligência de mercado aplicada nas redes sociais é crucial para o desenvolvimento de uma marca. Tendo todas essas informações em mãos, sua empresa terá o embasamento necessário para descobrir potenciais oportunidades que podem ser exploradas, conter ameaças que podem destruir a sua visibilidade, conquistar consumidores ainda não alcançados e fidelizar aqueles que já fazem parte da sua lista de clientes.

Se interessou pelas soluções que a inteligência de mercado a partir do monitoramento das redes sociais podem proporcionar à sua empresa? Ficou com dúvidas sobre o processo? Entre em contato com a gente e alavanque seus resultados de forma prática e eficaz!

Saiba mais:

Compartilhar:
miti

miti

Monitoramento estratégico de conteúdo. Informações relevantes, selecionadas e filtradas de acordo com a estratégia de negócios de sua empresa. Nossa equipe de inteligência é formada por profissionais dedicados a estudar as especificidades de cada clientes.

Deixe uma resposta