A união e convergências das mídias já é tendência de comunicação eficiente

CONVERGÊNCIA DE MÍDIAS: UMA ADAPTAÇÃO NECESSÁRIA

As mídias, em todas as suas facetas, contribuem de forma positiva para propagar uma notícia, porém, o que se vê atualmente é a convergência de mídias, contribuindo para o alcance da mensagem aos diversos usuários, dos mais diferentes meios de comunicação.

O famoso dito popular “nada se cria, tudo se copia” pode ser apropriado para este momento em que tudo se envolve no mundo midiático. As notícias tomam corpo em mídias impressas, online, rádio, TV e, inclusive, nas mídias sociais, se unindo e confluindo suas vantagens na divulgação da mensagem.

Mas, o que nos interessa saber é: de que forma a convergência de mídias propõe resultados positivos?

As narrativas usadas por cada mídia e entre todas as mídias são complementares, portanto, afirma-se que, ao convergir mídias tem-se uma soma de linguagens que irão fluir com a disseminação da mensagem, atingindo um público mais amplo e impactado de diversas formas.  É fato que, ao utilizar várias mídias para transmitir uma mensagem, há que se tomar a atenção em se expressar exatamente conforme a linguagem por ela mais adequada.

Muitos acreditam que, convergir mídias é escrever da mesma forma para todas elas. Esta afirmação está errada e como já exposto, há a necessidade de que, em cada uma delas, se “fale” como ela “fala”.

Assim, a utilização de mídias centralizadas promoverá resultados positivos quando utilizadas, especificadamente, conforme a sua linguagem própria.

Como é possível se adaptar à convergência de mídias?

Entende-se que convergir é unir. Portanto, a adaptação parte do princípio de que, em cada mídia, há um público específico que possui uma forma de compreensão conforme a expressão da mídia em voga.  Ao unir a mensagem a esta mídia, faz-se necessário compreender quem estará recebendo esta informação. Assim sendo, são duas preocupações quanto a convergir mídias: linguagem do meio e perfil do usuário.

 – Linguagem do meio

Cada uma das mídias tem sua forma de comunicação. Como por exemplo, a Televisão que, por meio da união entre áudio e vídeo, é usada para promover histórias, apresentar o cotidiano e contextualizar temáticas (narrativas reais / fictícias ou divulgações comerciais). Outro exemplo, a linguagem da Internet, que apresenta uma escrita abreviada e simplificada, transmitindo mensagens rápidas e com alto fluxo de rotatividade de informações.

 Perfil dos usuários

Assim como cada mídia tem sua linguagem própria, usuários também possuem características individualizadas. No Brasil, conforme estudo divulgado pelo Instituto Marplan (2013), 46% dos ouvintes de rádio são da classe C e destes, 52% são mulheres. Ainda é mais comum ouvir rádio em casa, principalmente durante as tarefas domésticas.

Este é apenas um exemplo, do quanto o perfil dos usuários está diretamente conectado com a mídia escolhida, e que o contexto da mensagem deve ser adaptado a esses públicos mais relevantes em cada uma delas.

Convergências de mídias e as NOVAS MÍDIAS

Assim como se fala em convergências, as novas mídias traduzem o significado destas mudanças na forma de comunicação. Convergência de mídia é um conceito que define a adaptação das mídias à internet.

mídias

Novas mídias é o termo que se refere à soma de novas tecnologias e estratégias comunicativas, diferindo-se dos canais de comunicação tradicionais. Também pode ser compreendido como uma nova forma de comunicação, que distribui a mensagem como um novo canal. As novas mídias aliadas às confluências das mídias resultam positivamente na transmissão da mensagem, dando amplitude e dinamismo ao que se quer comunicar.

O interesse em convergir às mídias de forma a obter resultados positivos, pode ser conquistado através de uma análise de informações, o que basicamente, oferecerá o necessário para compreender, direcionar e planejar estratégias de comunicação, conforme a mídia a ser explorada.

Saiba mais:

 Banner Inteligênciav2

 

Compartilhar:
miti

miti

Monitoramento estratégico de conteúdo. Informações relevantes, selecionadas e filtradas de acordo com a estratégia de negócios de sua empresa. Nossa equipe de inteligência é formada por profissionais dedicados a estudar as especificidades de cada clientes.

Deixe uma resposta